Ô meu, sifu…deu o que falar!!! A diarreia, a crise e a retórica



De fato, uma personalidade única nosso presidente. Como ninguém, é capaz de pensar e falar sobre a atual crise econômica usando de terminologia didática nunca antes vista na fala de um chefe de Estado. Não entendo por que tantos se escandalizam com sua eloquência! Mais do que a arte da retórica, o Sr. Presidente Luís Inácio Lula da Silva conseguiu sintetizar, em um único discurso, questões que provocam boas dores de cabeça em nós, cidadãos brasileiros.
Vejamos. A crise. Se pensarmos na derrocada da economia mundial, sentimos suas consequências vivas em nosso cotidiano: medo. Saída de investimentos estrangeiros do país, especulação e controle do cambio, logo…dólar nas alturas. Pacote de ajuda financeira aos bancos, de forma a não saírem quebrando em cascata e acabar com o crédito. Redução do consumo americano culminando nos baixos preços das commodities e efeito dominó na economia mundial, inclusive no Brasil. Setor produtivo prejudicado, demanda diminuindo. Menos crédito logo, baixo consumo. Redução no rítmo da economia e logo, desemprego. Ou seja! Ô meu, sifu...
Vejamos. A diarreia. Tendo em vista as condições da saúde pública no Brasil e a situação de instituições como o INSS, nada mais pertinente do que se falar em diarreia. Podemos dizer que este mal estar é metáfora perfeita, fazendo a analogia entre às necessidades básicas do homem e as necessidades básicas do cidadão brasileiro. “Perder uma criança por causa de uma doença vagabunda, transmitida por um mosquito, é o fim da picada. Coisa diferente é se um velhinho morrer porque não deu para atendê-lo direito; ele já estava fazendo hora extra”. Ter como diretor de saúde pública da cidade de Osasco o senhor Nelson Bedin, cuja a frase lhe rendeu a tardia exoneração, só pode mesmo causar diarreia. Mal estar intestinal é ainda o que sinto, ao ver uma amiga PRECISAR receber um benefício em um posto da previdência com a qual por anos contribuiu. Uma conta simples, que ela mesma já tinha calculado, - o que dirá um sistema onde o necessário é aplicar a tecla ENTER -, por razões desconhecidas, não foi feito. Após um mês e três visitas ao posto, ninguém ainda foi capaz de calcular o devido benefício. Fico pensando nos senhores mais idosos, estes que estão fazendo “hora extra”, cujo benefício de anos deve ser calculado. Será possível que hoje, com toda a tecnologia a favor da resolução destes pormenores burocráticos, aqueles que trabalharam uma vida inteira vão conseguir sua aposentadoria em uma hora? Ou será que seus processos serão encontrados atrás de um armário como fora o de meu pai há 15 anos atrás. Diga-se de passagem! Meu pai já está morto há 12 anos e sua aposentadoria nunca foi revisada. Ao menos para os cofres públicos ele não está mais fazendo “hora extra”. O que posso dizer a esse respeito? Ô meu, sifu…
Vejamos. A Retórica. Desta arte se gabavam os sofistas, se valem os intelectuais, artistas, a classe média letrada. Mas a arte da retórica para os milhões de brasileiros de pouca instrução não vale de absolutamente nada. E a sensibilidade de nosso presidente nesse sentido é digna de aplausos. Lula conhece bem o país em que vive. Já fora torneiro mecânico, sindicalista, teve pouca instrução. Podemos julgar sua postura pouco condizente com a de um chefe de Estado, mas certamente temos que tirar o chapéu para suas habilidades comunicativas. Seus discursos repercutem em velocidade recorde nos meios de comunicação de massa, o que faz dele um Estadista do Povo.
Parabéns, senhor presidente, e para os críticos à sua postura o senhor diria... um sifu dos grandes!

video


Texto: Luciane trevisan Leal

14 comentários:

F! Art´s - Carlyson Geijine disse...

Obrigado Luciane!!!

Gostei muito do seu blog!
Muita coisa interessante!

Vou ssempre passar por aqui agora!
:D

Abraços!

Lelo disse...

Muito boa sua crônica, humorada e ácida, porém robusta e coerente.
Inteligente!
abraços

Atreyu disse...

belo texto! continue assim e viro seu fã...

joao Assis disse...

Luciene,
Muito bom,aliás,maravilhoso seu texto,gostei demais do seu blog.
Um forte abraço,amiga.

Ana Paula Pereira disse...

Olá Luciene, conheci seu blog através do diHITT, e resolvi passar por cá para lhe desejar um bom fim de semana e convidar para me visitar e deixar a sua opinião sobre o Decoração & Artes e o Truques & Dicas.

Paula

jcnicolau disse...

Olá Luciane
Teu blog faz parte do meu blogrol em www.jefcor.blogspot.com e quando a adicionei tinha certeza que viria coisa boa porque temos muito em comum.

Cesar disse...

Oi


O sifu foi demais. Deve fazer parte da reforma ortografica do sr presidente..

Sophie disse...

kkkkkkkkkkkk
QUe ótimo. Aplausos para você.
E ótimo o video.

Luciane disse...

João Lelo Atreio.
Muito obrigada pelos comentários.
Abraços,
Luciane

Luciane disse...

A todos obrigada pelos coments.
Abraços,
Luciane

blog disse...

Oi Luciane,
adorei seu post!
O Sifu foi demais.
Aliás seus 2 blogs são muito bonitos e interessantes!
Agradeço pela visita e pelo comentário.
Voltarei sempre por aqui!
Espero que você também volte de vez em quando por lá ;-)
Forte abraço,

Luciano

OLIVACI JÚNIOR disse...

olhar o seu olhar para mim é o mas interesante.

Alterado disse...

no final das contas , é o povo que "sifu".
muito boa esta tua crônica , só assim para rir de algo tão dramático .

bjos

Johnny Pequeno disse...

A Retórica do sifu... Até Sócrates, que criticava os sofistas, ficaria impressionado.

http://fullatagem.blogspot.com/

 

  ©Template by [ Ferramentas Blog ].

Voltar ao TOPO