Ser


No nada existo. E existo por que sou,
mesmo sem saber direito o que isso significa.
Sou o que penso e penso ser também o que não sou.
Falo sobre quem não sou e por que não,
sobre quem serei um dia!
Sinto, penso, me expresso,
sem conhecer a fundo o que acredito compreender.
Mas sei que, até sem a experiência do pleno saber
posso dizer, o que quiser, e ser, o que me der na telha.
Então posso até ser o que não sou
E assim inventar o que passará a existir.
Serei simplesmente eu, serei aquela que acabei de construir.
E o farei apenas pela necessidade de ser o que ainda não se é.


Texto: Luciane Trevisan Leal

11 comentários:

ソラ disse...

Happy New Year!

Guilherme Bandeira disse...

Ser ou não ser?...Somos quem podemos ser.

www.olhaquemaneiro.com.br

Felipe Brito disse...

"Tudo o que não se compartilha não existe e não é."

Frase de um pretenso escritor carioca...

Sejamos todos juntos nessa epopéia que é viver. =)

Cesar Oliveira disse...

Sempre se refezar. Seu a nova. E ser tudo que puder.

Bom ano

Ana Carolina Dinardo disse...

Gostei =)

http://gabarolablog.blogspot.com/

Green Goes disse...

Oi, tava passando por alguns blogs e achei o seu q por sinal é encantador e belissimo..reflexões magnificas tem por aqui,,,//


abs!!

Luciane disse...

Guilherme.
Obrigada pela visita e frequentes comentários.
Abraços

Luciane disse...

Felipe.
Sim. Concordo plenamente com vc. Somos nas relações que criamos.
Abraços

Luciane disse...

César

É a idéia. Qual não é a beleza de se reinventar… sempre.
Abraços

Luciane disse...

Green Goes

Fico feliz que tenha gostado. Muito obrigada pelos elogios. Está só começando, mas aos poucos vou construindo o blog como quero: interessante e reflexivo para os leitores.
Espero vê-lo por aqui sempre. Vou conhecer seu blog também.
Abraços

Lilly disse...

Linda reflexão. Quem dera muitas pessoas pudessem refletir suas vidas e enfim entendessem a importância do ser...

Ser ou não ser, eis a Questão!

 

  ©Template by [ Ferramentas Blog ].

Voltar ao TOPO